Saúde: como usar snack para manter a dieta na volta ao trabalho

Snack saudável

Depois das festas, é hora de retornar à rotina – e o snack é aliado de uma boa alimentação na volta ao escritório

Férias, Natal, Ano Novo… Depois de tantas celebrações, a hora de voltar ao trabalho também costuma ser o momento de retornar à dieta. Engana-se quem pensa que comer bem no trabalho é algo inalcançável: de acordo com um estudo da Organização Internacional do Trabalho (OIT), as refeições saudáveis ingeridas em um ambiente limpo e tranquilo não devem ser encaradas como um luxo – pelo contrário! –  pois são essenciais para o humor, a saúde, a segurança e a eficiência dos trabalhadores.

Outra vantagem de uma alimentação saudável, segundo dados da  Organização Mundial da Saúde (OMS), é que ela pode elevar a produtividade dos funcionários, trazendo bem-estar físico e mental, mais disposição para as atividades e elevando o desempenho de trabalho, além de reduzir o absentismo laboral por doenças relacionadas a uma dieta desequilibrada.

E para evitar os excessos de uma dieta baseada em carboidratos simples e em gordura ruim, um grande aliado da volta ao trabalho são os lanches proteicos e/ou que contêm fibra. Indicados para quem tem uma rotina repleta de compromissos, um dos benefícios do snack é a sua praticidade. Segundo a nutricionista Anne Albano, poder levar o seu lanche a qualquer lugar e consumir um snack saudável a qualquer hora ajuda a manter uma alimentação balanceada. 

A seguir, a profissional indica opções de lanches proteicos saudáveis e nutritivos que podem ser comprados prontos, além de algumas receitas para você preparar em casa:

Cracker com sabor do Mediterrâneo, assado e vegano

Assado, com um toque de azeite e especiarias é um cracker fonte de fibras que é aliado no retorno ao escritório. Procure por similares, com composição com proteína da ervilha e grão de bico pode ajudar na saciedade, ou seja, uma opção que pode ser consumida a qualquer hora e em qualquer lugar por quem busca a combinação ideal de sabor e nutrição.

Barras de proteína

Formuladas com doses consideráveis de proteína, macronutriente importante para uma dieta balanceada, as barras proteicas se diferenciam das barrinhas de cereais por não levar açúcares ou cereais. Com quantidade proteica até dez vezes maior do que as barras comuns, podem ser equiparadas aos alimentos mais ricos no nutriente, como os produtos lácteos e as carnes.

A fonte de proteína usada nas barras merece atenção: caseína e WPC (whey protein concentrado) são menos eficientes e também podem gerar alergias e intolerâncias por conter lactose. Já o WPI (whey protein isolado) tem maior velocidade de absorção, como é o caso das Radiance Bites, mini-barras de proteína com WPI, cacau gourmet e cobertura de chocolate. Do tamanho perfeito para matar a fome ao longo do dia no trabalho.

Chocolate funcional

Quem disse que chocolate não pode ser uma opção de snack saudável? Sim, essa delícia pode sim ser uma alternativa equilibrada, basta ficar atento aos detalhes. De acordo com a nutricionista, é preciso que o snack seja um chocolate de verdade, com boa concentração de cacau em sua fórmula. “Além disso, ele também deve ser isento de gordura trans, lactose e açúcar”, reforça a nutricionista.

Com mais macronutrientes do que os comuns, é por isso que os chocolates funcionais recebem esse nome. Entre outros macronutrientes adicionados, estão a proteína (whey protein) – aqui, valem as mesmas dicas da barra de proteína sobre o tipo de whey – e, em alguns casos, fibras prebióticas e óleo de coco, ingredientes que ajudam no gasto calórico e no funcionamento do intestino, entre outros benefícios ao organismo. 

Mix de oleaginosas

Não é novidade que as oleaginosas podem ser fontes saudáveis de diversos nutrientes. Sua praticidade também é um ponto positivo, pois podem ser consumidas em qualquer lugar e são facilmente encontradas. Por isso, uma ótima opção de snack proteico para levar ao trabalho são as nozes, amêndoas, pistache, macadâmia, castanhas-do-pará, amendoim, castanhas-de-caju e avelã. Entre seus nutrientes, destaque para a proteína, fibras alimentares, óleos de boa qualidade, antioxidantes e vários minerais e vitaminas.

Via: www.essentialnutrition.com.br

Notícias Relacionadas

Leave a Comment